Contador de Visitas

Seguidores

sexta-feira, 29 de junho de 2012


Irresponsáveis, corruptos e assassinos!
Ricardo Martins
É desta forma que classifico todas as chamadas autoridades públicas deste país, todos aqueles que deveriam ter interesse e responsabilidade para com o cidadão e para com a população em geral. E aí está incluído todo o setor público, todos aqueles que dentro dos 03 poderes da República tem ou possuem mandato político ou cargo de gestor em qualquer das atividades representativas destes poderes constituídos e que deveriam trabalhar pelo direito e bem estar do cidadão, e não o fazem em momento algum, e há anos. Certo que isso se evidencia coincidentemente nestes últimos 10/11 anos, certamente apenas um infeliz acaso que coincide com o mandato do PT e de sua ideologia “lulistica” onde o interesse de poucos é objetivo de muitos destes bandidos.

Quero aqui deixar muito claro para aqueles que consideram como eu a educação como sólido passo para o fortalecimento da sociedade brasileira, sem nenhuma sombra de dúvida, mas, entretanto, aqui o foco será a falta do melhor exemplo, do rigor da Lei e da falta de punição a todos os criminosos contumazes e em todos os níveis da delinquência e da criminalidade que a cada dia se torna mais evidente em todas as cidades brasileiras.

Por que ocorre isso? Certamente a primeira resposta e a mais óbvia seria a “falta de educação”, pior que isso, falta do interesse público em “educar as pessoas”, notadamente nos centros menos privilegiados pela natureza e onde imperam as mais simples representatividades sociais deste país, as comunidades mais pobres. Contudo, como disse acima, vamos focalizar a coisa diretamente e por outro angulo, o da criminalidade e seu combate ineficiente, desinteressado e inadequado.

Iniciamos pelas Polícias desestruturadas e mal preparadas para sua missão e para enfrentar o seu dia a dia no combate ao crime, depois uma justiça corrompida, vendida e suja, que se vende dependendo dos níveis por qualquer dinheiro, mantendo nas ruas aqueles que deveriam estar trancafiados e bem nas celas das podres, deprimentes e deficitárias unidades prisionais por todo o Brasil. E é certo que o Brasil não tem uma política prisional moderna, decente e recuperadora dos casos ainda possíveis (basta ver, no caso de menores infratores, quantos Centros, decentes e dignos, de recuperação operam nos 27 estados da Federação, em SC quase nenhum).

Este decepcionante quadro passa também por leis abundantes em existencia e escassas e ineficáveis quando de seu emprego, pois quando aplicadas não o são eficazes como deveriam ser, além de em sua grande maioria estarem em desacordo com a exigencia da sociedade esclarecida e contribuitiva brasileira, que quer o fim de benefícios e privilégios para todos, em todos os níveis, a extinção de tantos recursos e instancias e que as Leis punam rigorosamente o infrator, e não o cidadão de bem, refém disso tudo e que a cada dia assiste impotente a dizimação de milhares de famílias por todo o país.

 E o pior, grande parte dos crimes, inclusive os mais hediondos são praticados por menores de idade, IMPUNES totalmente pelas “leis” brasileiras. Estes menores, com fichas policiais de fazer medo a muito criminoso maior de idade, tem de tudo, desde homicídios a sequestros, estupros ao latrocínio, assaltos a mão armada ao tráfico de drogas. Quer mais????? E estes fazem tudo por qualquer quantia de dinheiro, por R$ 50,00 encomenda-se uma morte em São Paulo ou no Rio de Janeiro. E os crimes banais, “por amor”, homens ciumentos e desequilibrados que matam suas ex mulheres, amantes e namoradas por nada, por ciúmes, por insegurança emocional ou por puro despeito.

E as “autoridades” tão canalhas, tão criminosas quanto eles, assistem a tudo impassíveis, desinteressadamente e ainda recebem algum dinheiro por tudo isso, algum não, desculpem, muito $$$$$$. Ah, e não se esqueçam dos “advogados de porta de cadeia, serventes do crime, capachos de criminosos, enfim que abundam e desfilam sua patifaria, sua arrogância e petulancia como “reais defensores da IMPUNIDADE”, pelo Brasil afora. Um bando que merecia muita surra e cadeia e por muitos anos com a obrigação de realizar durante a pena, serviços forçados, com tanta ferrovia, rodovia, presídios e penitenciárias a construir ainda neste país seria totalmente adequado e pertinente.

Lembram daquele ex presidente, ex barbudo, ex mecânico, ex sindicalista e ex pernambucano? Dizia que iria construir 21(vinte e uma) penitenciárias em seus mandatos, nada fez, ficou lá em Brasília por 08 anos e construiu parece que uma na região central do país. Esta senhora que aí está há quase dois anos nada fez neste campo das unidades prisionais.

Parece que está ocorrendo um estudo de modernização do Código Penal, há tempos, e nada ainda de “mexer” na idade penal, instituindo qualquer idade para o menos infrator cumprir penas mais longas e em regime fechado, enfim nada se fez e nada se faz em busca de moralizar o crime e a punição de seus autores.
E as pessoas continuam a cada dia mais reféns do crime, da injustiça, perdendo seus filhos por nada e vendo cada dia mais as ”hipócritas autoridades brasileiras”, em todos os níveis, cada vez mais ricas e o pior, o mais grave, estão livres, gozando de plena liberdade por aí a caminhar e desfilar de forma leviana seu mau caráter e sua indignidade como indivíduo. Um bando de canalhas, safados e covardes.

Infelizmente esta é a realidade, o bom cidadão perdendo seus entes queridos nesta guerra imbecil e banal de um dia a dia cada vez mais violento, o menor infrator abusando de sua impunidade, assim como o criminoso contumaz, ambos reflexos de uma política nojenta, suja e vendida que advém dos chamados 03 poderes da República, todos apodrecidos, ao longo dos tempos, pela corrupção, canalhice e atos criminosos de seus integrantes. Uma dolorosa e revoltante realidade!

3 comentários:

Fabiana Ratis disse...

EDUCAÇÃO: CARÁTER, INSTRUÇÃO, OPORTUNIDADE

Não há como dissociar a criminalidade da falta de educação, uma vez q/ a segunda é e/ou seria premissa para que a primeira não se desenvolvesse e tomasse os contornos que assumiu.
O sistema prisional não recupera, qdo quase sempre piora a condição de um ser humano. Desumano é o sistema.

nadiavida disse...

Falta de educação pública decente, de vontade e de vergonha na cara.... Sinceramente? Não tenho muitas esperanças.... Ando exausta com esta política imunda que a cada dia só piora. Abraços... Nadiavida

Ivana Maria disse...

Meu querido, concordo com você em todas as indignações expressadas e também com a reflexão sobre a importância da educação. Sou professora e também creio que esse é o único caminho possível para reverter o quadro desumano em que se apresenta a nossa sociedade. Discordo apenas a respeito da sua opinião com relação aos presidentes Lula e Dilma, mesmo reconhecendo algumas deficiencias nos seus governos. Na verdade eu faço parte da maioria dos brasileiros que, segundo a pesquisa recente do IBOPE , aprova o governo da nossa presidente Dilma. Veja os comentários: http://www.ariquemesonline.com.br/textos.asp?codigo=29499