Contador de Visitas

Seguidores

segunda-feira, 4 de junho de 2012


Serviço Público no Brasil!
Ricardo Martins

Quando se trata de serviço público nada funciona no Brasil, ou, na melhor das hipóteses, anda mal, está caótico, muito precário ou completamente deficiente. Isso ocorre com a educação que em todos os estados anda muito mal das pernas, por exemplo, faltam professores, o número de salas de aula está longe de atender a demanda de alunos, as escolas existentes carecem de melhor estrutura física, não tem ou recebem equipamentos adequados, enfim pouco ou nada tem para oferecer àqueles que lá trabalham ou aos vão em busca do saber, da informação ou do conhecimento. 


E o mais grave de tudo a meu ver é a carencia na Gestão, na capacidade profissional e ou na competencia de quem administra o setor, os chamados “secretários da administração pública”, via de regra  escolhidos por Prefeitos ou Governadores politicamente, por conta de acordos e conchavos políticos, por conta de compensar interesses de coligações políticas e eleitorais. E isso acontece em todas as pastas de governo. Caracteriza o despreparo, o desinteresse e a falta de caráter e dignidade da Gestão. Esta prática é encontrada em municípios, estados e na federação. Nos estados e municípios existe também “os feudos politicos” onde grupos querem manter o poder a qualquer preço.

Outro exemplo gravíssimo é a saúde pública, que mata diariamente nas filas por todo o país. Por falta de médicos, equipamentos, quantidades de hospitais e demais unidades de saúde disponíveis à população, enfim, pela precariedade do atendimento da medicina preventiva e outras questões. Porém o mais grave é a falta de qualidade na Gestão, o atendimento despreparado e desinteressado.


Isso realmente é o mata nas filas e corredores superlotados dos hospitais pelo Brasil afora. E assim também acontece com a segurança, o sistema prisional, o atendimento a drogrados e dependentes químicos em geral, as crianças desamparadas e ao menor infrator.

O Brasil não tem políticas públicas, planejamento, projetos e plano de execução e acompanhamento. O grande exemplo é este malfadado PAC que existe apenas para servir como fonte de desvio de $$$ do Povo e para inglês ver! Ineficiente, mal planejado e executado. Um PAC de nada! Um elefante branco que não vai levar a nada!

Na real o Brasil tem problemas de base, culturais e de colonização. Onde alguns povos mais evoluídos colonizaram esta terra o resultado de diginidade e educação é um pouco melhor, onde portugueses, índios e africanos o fizeram, é lamentável! Isso tem a ver com a formação das pessoas e seus carateres, evidente que com inúmeras exceções, observando-se ou falando de forma geral, porém é um fato, é real. 


O brasileiro adora o ”jeitinho”, o favor político, a indicação de interesse, enfim, na real gosta de levar vantagem em tudo.

Basta observar certas posturas ainda praticadas hoje por muitos, para isso ficar bem claro: Vende-se o voto por nada, ou por tostões, negocia-se “fidelidade” e apoio por dinheiro, troca-se interesses por reles indicação a cargo público. E esta postura e atitude é que compromete e muito a situação do cidadão em geral, porque ao envolver-se desta forma, torna-se dependente, além de estimular uma situação indigna e perniciosa.

Por tudo isso, sob minha ótica, estamos todos, há anos, sofrendo com um serviço público deficiente, despreparado, caótico e sucateado de forma geral, fato este evidenciado nestes últimos 10 anos onde além de tudo isso e por via de consequencia, instalou-se neste país a impunidade de forma a estimular o crime, a corrupção e  o mau caratismo, dentro dos setores do serviço e atividade pública governamenteal e também nos demais setores, como no legislativo e judiciário, este apodrecido literalmente pela indecencia da postura da maioria de seus líderes e magistrados.

Como mudar isso? Esta é a pergunta que sempre vem e que na real não quer calar. Como?? Com atitudes, posturas dignas e muita ação e cobranças, a partir de todos e de toda a sociedade. 


Nós podemos e vamos fazer desta uma Nação maior e patriota, digna e pujante, respeitada e reconhecida por sua gente e todos os povos do Mundo!

4 comentários:

Marisa Cruz disse...

CARO RICARDO

LENDO SEU TEXTO VEJO MUITOS DOS MEUS TWITERS QUE DIARIAMENTE ESCREVO.
ENQUANTO FORMOS UMA SOCIEDADE DE INDIVIDUALISTAS POUCO CONSEGUIREMOS AVANÇAR!!
NECESSITAMOS DE CHOQUE DE PATRIOTISMO, DE AMOR AO BRASIL NÃO PELO FUTEBOL, CARNAVAL E CERVEJA E SIM PELO AVANÇO SUBSTANCIAL DO DESENVOLVIMENTO HUMANO (SAN.BASICO, SAÚDE, EDUCAÃO E SEGURANÇA)QUE SÓ SERÁ PRATICADO POR GOVERNOS (3 PODERES) SÉRIOS, ÉTICOS E COMPROMISSADOS NÃO COM O QUE VAI LUCRAR E SIM COM O QUE VAI REALIZAR.

Marisa Cruz

Lucìlia disse...

Concordo com o que diz. Sò não acredito em mudanças de paradigmas. Se os administradores agem dessa maneira vil que estamos presenciando a anos, porque têm espaço para isso. Como citado no texto, o brasileiro adora um "jeitinho" um "favorzinho". A maioria não sabe ou não se interessa de como funciona a "coisa"pùblica. Não entendem que tudo è pago por todos nós. Ficam gratos quando uma rua è asfaltada, batem palma quando uma creche è inaugurada. Querem apenas serem favorecidos por um governo assistencialista que distribui migalhas para ficar com o muito e ainda ser elogiado.

POESIA NA ALMA. disse...

São tantos os problemas que cada um dos citados por vc daria um livro inteirinho, entre problemáticas e soluções que na verdade são bem simples!

Ivana Maria disse...

...Eu que o diga, meu amigo. Tive a oportunidade de experimentar os dois tipos de gestores. Quando assumi a direção de uma Creche Municipal, aqui em Natal/RN, o prefeito da época abriu mão de indicar as pessoas para o cargo para que as escolhas fossem realizadas a partir de um processo seletivo. Quando a atual prefeita assumiu, demitiram todos os diretores aprovados no seletivo, sem nenhuma justificativa, e nomearam pessoas "de sua confiança". O resultado da qualidade da educação, você já deve imaginar como está agora. Um abraço, meu amigo.