Contador de Visitas

Seguidores

domingo, 20 de fevereiro de 2011


Ronaldo! Um menino conquistou o Mundo!
Ricardo Martins

Simples, humilde, carioca da gema, de Bento Ribeiro, perto de Marechal Hermes, subúrbio do Rio de Janeiro e bom de bola. Um craque!

Estudou o que pode e foi treinar no São Cristovão, a qualquer preço, de trem, de carona, com a ajuda dos amigos para as passagens de ônibus, 08(oito) por dia, ida e volta, enfim, acreditou no seu potencial, no seu sonho e superou todos os seus limites em busca do seu objetivo: jogar futebol. Disse ele que antes, bem menino, gostaria de tocar na Banda do Exército, mas o futebol falou mais alto e o levou longe, além fronteiras, pelo Mundo a fora.

A partir de suas aparições no Cruzeiro, de BH, onde entre outras coisas, deixou com cara de bobo o excepcional goleiro Rodolfo Rodrigues, naquele lance onde toca a bola para o gol, colocada no chão pelo arqueiro, Ronaldo foi comprado pelo PSV da Holanda, e por lá iniciou uma trajetória sem igual. Deslumbrou a Europa com suas arrancadas fantásticas rumo ao gol adversário e construiu uma história de 16 anos nos maiores clubes do Mundo: Barcelona, Real Madrid, Inter e Milan, ambos de Milão, na Itália. Jogou ao lado dos maiores craques do futebol internacional, de pelo menos 03 décadas e desfrutou do convivio e orientação dos maiores técnicos do Planeta. Eleito o melhor jogador dentre todos os do Mundo, por 03 vezes, porém foi na seleção brasileira que conheceu suas maiores vitórias e grandes fracassos.

Esteve em 04 (quatro) Copas do Mundo, venceu duas, 1994 e a sua Copa em 2002. Em 1998 e 2006 não foi tão feliz, problemas de saúde e outros motivos não lhe permitiram comemorar o título junto aos seus companheiros e de sua melhor e maior torcida.

Evidentemente que exposto por toda a grande mídia que alimentou com fatos interessantes e positivos e de outros não tanto assim, passou por alguns casamentos (tem hoje 04 filhos e está muito bem casado com Bia Antony), amantes, badalação, noitadas, enfim, foi o foco de todos os fotógrafos de plantão que evidentemente buscavam o fato e a foto polemica, coisa comum às celebridades comuns, quanto mais a um Fenômeno Universal. Muitos deram preferência aos escândalos (?) e as fofocas que a seus feitos fora dos campos, como, por exemplo, embaixador da ONU, ou mantenedor de projetos sociais no Brasil e em outros países.

Nos últimos anos lutou muito contra a balança e seu metabolismo, sofreu oito cirurgias por conta de lesões gravíssimas que certamente teriam afastado qualquer ser humano comum de suas atividades como atleta, mas não Ronaldo Nazário de Lima, um lutador, um guerreiro, e certamente um vencedor, mais que isso um exemplo, que a cada situação ressurgia como uma Fênix, cada vez mais forte, superando tudo e a todas as opiniões não muito favoráveis e, em campo, seus implacáveis marcadores voltavam a derrubá-lo na maioria das vezes, de forma violenta.

Voltou para o Brasil para conviver mais de perto com sua gente, esteve no Flamengo, clube do coração que aparentemente não se interessou em tê-lo por lá, e ai surgiu o Corinthians e um projeto ousado que culminaria com a Taça Libertadores de América. Lutou para voltar à forma, outras contusões o abateram, mas sempre reagia e retornava, e acabou campeão paulista e da Copa do Brasil, em 2010. A perda porém do Campeonato Brasileiro, e a não classificação para a Libertadores, provocou a ira em covardes e vândalos, que se dizem torcedores do Corinthians e o forçaram a precipitar a sua aposentadoria. Ele diz que não foi isso, mas tenho certeza que sim, enfim são 04 filhos para criar e uma família para cuidar.

Ronaldinho, o menino simples de Bento Ribeiro que conquistou platéias pelo Mundo com suas arrancadas arrebatadoras e seus gols admiráveis resolveu parar e o fez, e chorou muito por esta decisão, claro, é um ser humano.

Tenha certeza Ronaldo! És um ser excepcional, um exemplo para este povo tão sofrido quanto você o foi, antes da oportunidade que a Vida lhe ofereceu, e que jamais vai esquecê-lo.

 Para o Brasil orgulhoso de seu filho e irmão e para todo o resto do Mundo você vai continuar encantando gerações com seus dribles, arrancadas e gols maravilhosos, além de seu caráter, seu coração e sua alma.

Vais virar lenda! Meus respeitos! 



Obs: Para publicar este texto (comercialmente) apenas com autorização do escritório do autor

3 comentários:

nadiavida disse...

Ahhhh eu acho o Ronaldo uma simpatia.... como toda celebridade ele tb foi perseguido por fotógrafos que nao respeitam a privacidade dos famosos. Pela fama e dinheiro que ele conseguiu até que não teve grandes escândalos.... e diferente do hipócrita do Pelé, qdo apareceu um filho, ele assumiu e pelo que vi ontem, parece estar morando com ele e o Ronaldo está totalmente seduzido pelos filhos. Lindo de se ver....Abraços!

Fernando Tolentino disse...

Concordo plenamente com tudo que foi dito!!! Parabéns!!!

Paulo Simões disse...

O atleta consagrado, milionário, famoso por suas jogadas e gols de placa, poderia ter largado o esporte já primeira contusão. Mas não. Preferiu se entregar às intermináveis e doloridas sessões de fisioterapia. Para isso, além da íntimidade com a bola, foi preciso muita intimidade consigo mesmo. Reconhecer suas limitações e buscar as mais recônditas forças para fazer muitos, muitos gols fora do campo. E ele conseguiu! Ronaldo encerra a carreira ganhando de goleada. Parabéns!