Contador de Visitas

Seguidores

segunda-feira, 11 de maio de 2015


É CONGÊNITO!!!
Ricardo Martins

É defeito de fabricação! Congênito e hereditário. Vem dos primórdios, do descobrimento, ou melhor, dos históricos saqueamento do português à sua nova colônia, pois já chegaram roubando de tudo e nada fizeram para desenvolver, já a época, o grande potencial que era a Terra Brasilis, pior combateram e expulsaram que queria fazer isso, holandeses, franceses e outros.

Na real, tudo está errado á séculos, pior que isso, a formação do povo brasileiro foi e ainda esta, sem base, sem educação, sem informação e integração cultural, isso via de regra, e isso certamente se retrata no caráter de grande parte dos cidadãos que querem apenas desfrutar do jeitinho brasileiro e de situações confortáveis a eles, corruptos e corruptores.

Vejamos: Não é apenas o politico, o serventuário da justiça e grande parte de gestores e servidores públicos, o empresário, o cidadão também é canalha, aproveitador, estimula a impunidade, e preferem o ambiente do crime, da delinquência e da infração.

Exemplos? Vários! Inúmeros vêm da parte de governos e ou assemelhados, por exemplo:
Juros abusivos e estratosféricos em contratos de financiamento de imóveis, cartões de credito, cheques especiais e credito ao consumidor e ao empreendedor.

Impostos taxas e tributos gigantescos e em forma de inundação, sempre abundantes e transbordantes ao bolso de todos.

Na iniciativa privada é permanente e visível a ação do mal empresário em aumentar preços de forma oportunista e cretina, ou em épocas de turismo, ou a seu bel prazer, além de estarem permanentemente abertos e dispostos a participar de sonegações, propinas e gorjetas que servem para estimular a impunidade e ao bandido corrupto.

Não consigo entender como uma taxa de cheque especial beira 400% ao ano? Como se cobrar juros sobre juros, em contratos de compra e venda de imóvel, e depois quando o “cliente enganado” quer cancelar não querem devolver o recebido, como está na Lei?
E as tabelas de serviços dos Bancos? Puro roubo!

Tudo é motivo de intenção maléfica ou maldosa contra o contribuinte, consumidor, cliente e usuário, veja o cobrado e a qualidade dos serviços prestados versus o que se paga, via de regra! Lembre-se neste momento do serviço público em geral.

A pura realidade é que a deformação do caráter das pessoas não é de hoje, o ambiente estimulador ao maligno, ao indecente e ao pernicioso ao outro, é de sempre!

No Brasil, vale mais passar perna no outro, enfiar a mão no bolso, roubar descaradamente, que fidelizar, mesmo, de verdade, clientes e compradores, usuários e consumidores de forma permanente.

Concertar isso? Primeiro punir exemplarmente e com rigor os infratores e bandidos de hoje, o politico, governante e empresario safado de agora e evitar que tudo, sempre acabe em pizza!

E com investimentos adequados e maciços em educação, informação cultural, aprimoramento permanente de estudantes e profissionalização destes de forma a que seu intimo e mente sejam sempre voltados para o positivo, suas atitudes e posturas sempre éticas, dignas e respeitosas ao outro. Seu caráter e personalidade retos e ilibados, enfim, apenas desta forma se tem um Povo esclarecido, responsável, competente e sério, nas versões, pessoal e profissional, e assim combater e extirpar completamente estes bandidos, todos, sem distinção do cenário nacional.





Um comentário:

Monica Torres disse...

Parabéns pela análise, tão bem forjada em verdades irrefutáveis. Sim, está no DNA herdado e dominante de uma variante de sociedade quase inominável se não fosse pelo alcunho de "colonização portuguesa". Não há erro em uma só observação de seu texto. Claro, direto e sóbrio. Nem uma palavra sem razão na descrição do desenho da maioria dos brasileiros. Desafortunadamente não há remédio. Infelizmente esse mal está descontrolado e enraizado nos meios controladores da lei e da ordem. As sugestões de conserto implicam em quase erradicar esse povo. Parabéns, Ricardo!