Contador de Visitas

Seguidores

segunda-feira, 10 de setembro de 2012



O que estes canalhas merecem...cadeia!

O Grande Traíra!
Ricardo Martins

Tudo que eu gostaria, desejava, queria e acreditava como cidadão brasileiro e não como adepto ou partidário, pois não defendo nenhum partido político, era que o ex–metalúrgico, revolucionário, de fala dura e enfática, inteligente e tratável, habilidoso, líder natural e competente político, ao se tornar Presidente da República trabalhasse e implantasse tudo aquilo que defendeu, dedicou-se e pregava, por cerca de 25/30 anos, nas mais variadas tribunas e palanques da vida.

Que fosse independente e competente, principalmente em unir as forças políticas em benefício do povo brasileiro e suas enormes necessidades e dificuldades.

Que combatesse a desigualdade social e financeira, remunerando a produção e o trabalho com renda digna e conseqüente.

Que montasse uma equipe de técnicos e gestores profissionais a fim de atacar os grandes problemas internos nacionais com eficiência e eficácia. Priorizando a saúde, educação, seguranças, transportes e estradas.

Que elevasse a nível internacional o nome do Brasil e sua representatividade e não o seu próprio nome, sempre despido de vaidades e interesses pessoais.

Que por estas suas ações e atitudes, motivo de seus discursos enquanto sindicalista postulante ao poder, o brasileiro resgatasse o orgulho e os valores patrióticos tão minimizados ao longo dos últimos tempos.

Que o cidadão voltasse a andar de cabeça erguida e ao falar sobre o seu país o fizesse com prazer e satisfação.

Que o Presidente do Povo, o ex–metalúrgico, ex- mecânico, pobre e humilde, combatente e batalhador, banisse a corrupção, a conivência, o comprometimento letal com o crime organizado e implantasse a punição exemplar a todos aqueles merecedores da força e do poder da lei, principalmente os do “colarinho branco”.

Que ao exigir a revisão dos Códigos de Justiça resgatasse sua representatividade e novamente propusesse a igualdade de direitos a todos de forma que TODOS os benefícios, penas e sistemas prisionais fossem aplicados de forma coerente, indiscriminada, adequada e justa.

Que exigisse do Congresso Nacional interesse, seriedade, critérios e presteza ao formular as leis exemplificando com atitudes sérias e dignas aos congressistas em geral, e desta forma contribuir para o resgate seguro e concreto da democracia e suas instituições.

E finalizando, que este Líder Popular, de origem humilde, vindo do seio do povo, estimulasse com seus atos positivos o nascimento de outras lideranças que dessem continuidade a seus dignos passos.

E aconteceu exatamente o contrário! Será que eu queria muito? E a maioria dos brasileiros não pensava assim? Era utópico e impossível?

Não! Era perfeitamente possível, bastava para isso NÃO MUDAR e “Ele” definitivamente, mudou, preferindo rasgar a carteirinha de décadas de luta para tornar-se “emergente” estadista e capitalista, morar em um palácio com cerca de 38/40 serviçais, investir em sua mulher de forma a que esta viesse a se tornar uma “boneca de figuração” e não uma primeira dama com atribuições pelo menos com fins sociais, compor suas negociatas e conchavos com cerca de 40 ministérios e afins, viajar pelo Mundo a contar bravatas em inúmeros tours com comitivas gigantescas e finalmente, olhar-se ao espelho e ver diante de si um IMPERADOR.

E o pior... o mais grave... tornou-se um líder de quadrilheiros, de bandidos, um ”chefe de ladrões”! E na real colocou em prática um plano, um projeto de anos para, também por anos, estar no poder e roubar o país, enriquecendo pessoalmente e resolvendo apenas assuntos de seu próprio interesse ou de seu partido, de lá prá cá é pelo imenso um escândalo financeiro por dia, dos mais ruidosos, e isso se estende até os dias de hoje. A partir disso e a se lamentar ainda a marca  ... o estigma da IMPUNIDADE, o péssimo exemplo a todos os setores impregnados por gente de mau caráter e apenas a fim de “mamar na têta”.

O ex–Lula, então se revelou, deu lugar a um “novo Lula” que nada tem a ver com aquele original, “bravo e lutador”, de outros tempos, que na real não era tão chegado ao trabalho assim, chegando até a cortar um dedo para receber o seguro, mas era uma “esperança do Povo”, era “um igual’, um entre todos. Uma decepção total.

Este que aí está que chegou a estar doente e até disso tirou vantagem, é na realidade um “marqueteiro de quinta”, uma pálida, muito pálida e envelhecida lembrança daquele outro que o povo conduziu à Presidência da República depositando toda a sua confiança, esperanças, ansiedades e necessidades. Aquele que tinha tudo para marcar seu nome como o mais respeitado e realizador Presidente da República do Brasil e na verdade revelou-se “um grande traíra”, um ser imoral, indecente, perto de um excremento, um quadrilheiro sem escrúpulos, que não mede esforços, juntos a seus comparsas para enriquecer e aparecer na mídia, um dos seres mais nojentos que vi sobre a face da Terra... Merece na real...cadeia e por muito tempo!

Esta é minha opinião, profissional e como cidadão... nada pessoal, na real pessoal nem sei se ele existe e não me importa, mas com certeza, a meu ver, para o Brasil é pior que uma epidemia devastadora.

Triste, decepcionante, irritante e lamentável!

                                                                                 *uma releitura atualizada sobre o tema.

5 comentários:

Marisa Cruz disse...

CARO RICARDO

O PALANQUEIRO GRILO FALANTE QUE, COM MANOBRAS ENTRE GOV.MILITAR, MONTADORAS E TAXAS DE $UCE$$O, ENGANAVA TODA A CLASSE DE METALÚRGICOS COM DISCURSO PIEGAS COMO DEFENSOR DOS POBRES E OPRIMIDOS. AO FUNDAR O PT CONTINUOU C SEU MARKETING CHEIO DE ÓDIO A TUDO E A TODOS Q CHAMAVA DE ELITE. E SÓ CHEGOU AO PODER PORQUE AS MESMAS MANOBRAS DO PASSADO FORAM UTILIZADAS EM 2002. SEU LEMA: NÃO QUERO MAIS PERDER ELEIÇÃO. FAÇAM DE TUDO, MORAL OU IMORAL. E COM A DISCURSEIRA DE SALVADOR DA PÁTRIA FOI COLOCADO NA CADEIRA E HOJE VEMOS QUE TUDO NÃO PASSAVA DE LOROTA ENGANA TROUXA E PATROCINANDO BENESSES APENAS AOS AMIGOS ESPERRTOS E ANTI-PATRIOTAS. CONTINUAR ACEITANDO ESTE HORROR É ASSINAR EMBAIXO A INCOMPETÊNCIA COMO CIDADÃO PLENO E AMOR À PÁTRIA!

Marisa Cruz

Anônimo disse...

Querido,nosso país está entregue à própria sorte.
Sou uma candidata de primeira viagem,mto mais movida por paixão pela Cidade em q vivo e me acolheu há 40 anos,pq sou paraibana e vivo no Rio,do que qualquer outra coisa.
Também sinto-me lesada,enganada ,traída,como todos.
Justamente,esse sentimento me moveu ,também,a entrar nesse mundo da política e olhar de perto,entender que dificuldades há em se fazer o certo,o trivial,o que o povo necessita,apenas.
Quanto a esse Senhor e seus "companheiros" abstenho-me de falar.Cansei.Precisamos agir.
Abraços.
Míriam

Rosemeire Silvério disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosemeire Silvério disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosemeire Silvério disse...

Caro Ricardo

Conheço o sr. Lula das lutas quando era lider sindical , era simples, lutava pelos seus ideais letova estadios e todo mundo confiava muito no q falava , mas parece que quando o poder sobe a cabeça se esquecem de suas origens , ideias, tido o q querem é defender o seu agora , pra que lutar pelo povo . Mas penso que ja derrubamos um president6e o brasileiro nõa sabe a força q tem quendo unidos, mas a maioria acha q da muito trabalho lutar por ideais. Vejo os candidatos aqui da minha cidade que mal tem o fundamental , sçao marionetes nas mãos dos cobras criadas das prefeitura ,e se for ver são sempre os mesmo , n se renova nada nesse pais ... nem a mentalidade do Brasileiro .
"O BRASIL SO VAI PRA FRENTE QUANDO FOR MENOS BUNDA ...."

Rosemeire - Tremembe SP

10 de setembro de 2012 13:30