Contador de Visitas

Seguidores

domingo, 6 de novembro de 2011


Fotografia da realidade!
A caminho da extinção? Existe esperança?

Ricardo Martins

Tenho pensado e refletido freqüentemente sobre isso e confesso que não vejo perspectivas muito positivas não, lamentavelmente, a não ser que haja uma profunda e concreta mudança de caráter no Ser Humano, no seu íntimo, nas profundezas de sua alma, em suas atitudes e postura. Não ocorrendo esta mudança prevejo um inevitável caminhar para a extinção rápida da humanidade e do Planeta.

As pessoas cada vez mais estão voltadas para seu próprio interesse, consumismo, competitividade e nada mais, o coletivo, a natureza, o mundo, pouco importa.

Dinheiro, status e poder são as buscas incessantes e contínuas, como se todos fossem eternos. Evidente, isso é regra geral, pois aqui e ali se vê uma ponta de esperança, alguém efetivamente preocupado e tentando preservar algo, investir na Vida, entretanto, diante da grandiosidade de destruição provocada pelo “Homem ao Planeta” e a seus iguais, isso pode ser pouco, muito pouco e tarde demais.

Há quanto tempo você não escuta, assiste, lê ou toma conhecimento de uma boa notícia nos vários e numerosos noticiários de rádio, jornal, TV ou na Internet. Nesta inclusive o que se vê são as maiores barbaridades, babaquices e outras coisas totalmente desprezíveis, poucos a usam de forma positiva, racional e inteligente. Na real são apenas notícias ruins, negativas e tragédias de todos os tipos e extensões.

E a degradação do Ser Humano? Que a cada dia, em seu cotidiano, pratica mais e mais atos brutais, animalescos, bárbaros, por exemplo, o prazer doentio (pedófilos, estupradores), a paixão descontrolada de ex-maridos, ex - amantes, ex-namorados, que matam suas ex–mulheres de forma covarde, bestial e violenta, os imbecis, irresponsáveis, inconseqüentes diante do volante de um veículo automotivo, normalmente bêbados ou drogados que matam no trânsito por total irresponsabilidade! Os vândalos e menores infratores que de forma fria e calculista destroem, agridem, matam ou violentam com a certeza da impunidade e a conivência das leis e de quem deveria puni-los. Os políticos amorais, imorais, as instituições e entidades coniventes e comprometidas com o crime organizado, com a corrupção e o corporativismo exacerbado. Uma justiça parcial, ineficiente e vendida, totalmente direcionada ao crime, ao privilégio e ao poder. E para o cidadão e ao Povo? Nada!

Serviço e atividade pública que contam com gestões ineficientes e desinteressadas, setores vitais para a segurança e saúde do cidadão de bem infestados de pessoas e governantes maus caráter, desonestos e irresponsáveis para com a opinião pública, empresários “bem sucedidos” que apenas incentivam e participam da orgia com o dinheiro do povo, profissionais e técnicos nos vários setores, que trabalham apenas por trabalhar e não estão nem aí para ninguém, e por conta disso os produtos e serviços são de péssima qualidade e pioram dia após dia. Reflita, com isenção, e constate se isso não tem sido lamentavelmente o nosso cotidiano.

Felizmente, existem aqueles poucos que lutam, estudam, pesquisam e se dedicam a inverter esta situação, mas são a minoria, e lutar contra este sistema que aí está é duro e muito difícil, quem tem mais quer mais e quem tem menos cada vez tem menos. Nada de igualdade, na justiça, saúde, educação, segurança, habitação e transportes para todos.

E isso acontece ao nosso lado, em nossa cidade, e o que temos feito para inverter esta situação e preservar nossas vidas e a dos outros? Pouco ou nada. Por quê? Primeiro, porque “os privilegiados” armam verdadeiras barricadas contra os bem intencionados, blindando o sistema existente, não permitindo nenhum tipo de mudança de forma a que possam vir a perder o controle da situação além de outros interesses cruzados, financeiros, normalmente escusos, que impedem o acesso de quem quer efetivamente intervir para mudar.

Os discursos maquiados e freqüentes falam em qualidade de vida, direitos humanos, preservação do eco sistema e do meio ambiente, trabalho digno e decente. Hipocrisia pura! Na real nada é direcionado efetivamente neste rumo e nesta direção. Agem pensando apenas em seu umbigo, como se vitalícios fossem, como se não fossem envelhecer e morrer, aí sim, como todos, igualmente, “com choro e vela”!

Não se trata de pessimismo, alarmismo exagerado, é apenas e lamentavelmente a pura realidade do dia a dia de todos os seres viventes neste planeta.

O que está exposto acima é fato ou não?

É importante refletir, refletir e refletir, isentamente, incessantemente, responsavelmente, seriamente, pois a verdade absoluta é que a Natureza, por exemplo, não pensa ou raciocina: age. Apenas age e sem nenhum limite, age até que suas necessidades sejam atendidas e ponto final, mesmo.

E o mais importante em tudo isso: O Ser Humano necessita resgatar sua essência urgentemente, desta forma o caráter e os valores vão reverter, com certeza, a ordem natural das coisas.

Tudo é quase tão perfeito, a Vida e Natureza tão maravilhosas que viver além de uma dádiva, é uma responsabilidade!

Tento fazer minha parte e torço para que todos entrem nesta “briga”. Rezo e peço a DEUS luz à humanidade!



10 comentários:

Velvet Poison disse...

Sem valores familiares não há como cunhar um novo caráter no ser humano. Não há milagre externo. É preciso recuperar a família e seus valores. Só isso forma homens de bem.

Anônimo disse...

I ser humano é destrutivo pela sua própria natureza. As leis servem para tentar manter a conduta humana dentro de um senso de racionalidade, mas, mesmo assim, ele a rompe constantemente. Os valores da moralidade se diluem como as pedras de Queops ao sabor do vento. Além disso, a agressão contra o planeta, sua casa, sem duvida lhe será cara.

Armstrong, já em seu refugio na Lua

Rose disse...

Tantos atos que merecem repúdio, porém tratados como banais vão se incorporando na cultura da sociedade.
Dentre tudo o que se ouve falar, estou horrorizada com os relatos de uma amiga que trabalha com conciliação.
O que está crescendo é o abandono de crianças, mães que não querem mais os filhos, quase todas mães separadas ou solteiras.
Que gerações teremos logo mais?

Barcarena em foco disse...

Os valores da família:
1º "Onde a família começa?
Ela começa com um jovem se apaixonando por uma garota - nenhuma alternativa superior foi encontrada ainda."
(Winston Churchill)

2º "Toda a doutrina social que visa destruir a família é má, e para mais inaplicável. Quando se decompõe uma sociedade, o que se acha como resíduo final não é o indivíduo mas sim a família." (Victor Hugo)

3º "Vida em família! As Nações Unidas são brincadeira de criança se comparadas às lutas, malabarismos e necessidade de compreensão e perdão em qualquer família." (May Sarton)

Forte abraço @tovaga

dom.paulobaia disse...

PRECISO!!!OPORTUNO!!!!UMA BELA REFLEXÃO!!!!!QUE LONGE DE PRODUZIR CETICISMO,NOS LEVA PARA AÇÕES DE TRANSFORMAÇÕES E CORAGENS CÍVICAS!SALVE! SALVE! SALVE!PAULO BAÍA - UFRJ-

to-deolho disse...

CARO RICARDO

HÁ DE CHEGAR O DIA QUE TUDO RUIRÁ COMO CASTELO DE AREIA NA BEIRA DO MAR E CADA SER HUMANO BUSCARÁ SUA ESSÊNCIA E PERCEBERÁ QUE A FELICIDADE EXTERNA É MOMENTÂNEA E PASSAGEIRA E QUE OS SENTIMENTOS AMOROSOS E DE RESPEITO AO PRÓXIMO NORTEARÃO UMA NOVA ERA!!!!

Marisa Cruz

Fabiana Ratis disse...

E cresci ouvindo dos meus pais e tendo o exemplo deles do que "é ser". Mas vivemos num mundo onde "o ter" é o que vale mais. Paradoxos c/ os quais aprendi a conviver duramente. Não tenho tudo, ninguém tem, nem os mais ricos. A condição humana propõe q/ sempre falte algo. P/q/ tenhamos humildade. Fabiana Ratis

Jane Di Lello disse...

Amigo Ricardo + uma Vez parabéns por sua maravilhosa postagem.
Que ela fosse propagada ao mundo com + intensidade, que pudesse sair em todos os jornais, revistas, rádios e Tvs.
O Ser humanos hoje precisa se massificado, bombardeado em fim, com leituras, videos e vozes, onde pudesse entender o que está permitindo para sua existência.
Você merecia ter destaque maior neste planeta, existem muitos poucos com sua coragem e visão do mundo, muito poucos em relação a tamanha destruição.
Parabéns!!!
BeiJanes neste coração abençoado.
Jane DiLello.

Anônimo disse...

Infelizmente é a mais pura verdade... publicada sem subterfúgios. Os papéis se inverteram e o "ser humano" está agindo, muitas vezes, pior q os seres ditos irracionais. Pq os seres irracionais matam p sobreviverem e se defenderem. Os seres racionais estão matando, maltratando e cometendo todo tipo de barbárie pelo simples prazer. O ter está a cima do ser e o ser virou sinônimo de individual, ou seja, a minha vontade é soberana e está a cima do direito do outro. Tenho medo do q o futuro nos reserva. @MartaGinane

Carla Pola disse...

Somos minoria agora, querido!
Seremos maioria, acredite!

Beijocas