Contador de Visitas

Seguidores

segunda-feira, 4 de abril de 2011


“Brasil, que envergonha!”
A Saúde Pública no Brasil é desumana!
Ricardo Martins
Uma vez mais retorno ao tema, assim como a TV , em um excelente trabalho da equipe de produção do programa Globo Repórter, apresentou e destacou na última sexta- feira, 1º de abril de 2011, o mesmo ocorrendo com a TV Record , no domingo, dia 03 de abril.
A Saúde Pública no Brasil é um retrato do desinteresse público e político, da falta de gestão, da irresponsabilidade governamental e de desumanidade. Sua situação é deplorável, deprimente e cruel.

O que foi retratado é a pura realidade! É o que acontece em todos os estados do país e na esmagadora maioria de hospitais e postos de saúde, nos grandes, médios e pequenos municípios. Um crime sem precedentes!

Desde o atendimento truculento e agressivo nas recepções, passando pelos  “agentes de segurança”, em sua grande maioria covardes e ignorantes, merecedores de uma boa e dolorida camaçada de pau, e também por  enfermeiros, médicos e administradores apáticos, indiferentes, brutos e omissos.

São todos cúmplices dos governos insensíveis e insensatos, que são os responsáveis pelo estado em que se encontra os serviços relativos a saúde pública oferecido aos brasileiros, aos cidadãos, a quem paga a conta. Isso, infelizmente não é diferente do INSS, da segurança pública, do estado lamentável das estradas, do sistema prisional e outros serviços públicos, também pagos pelo contribuinte, que são de péssima qualidade.

Em um país sério, com gente responsável e digna no comando, seria bem diferente, isso certamente não aconteceria, porém se assim fosse, diante do que foi retratado, muitos já estariam na cadeia.

Agora, aqui no Brasil,  recorrer a quem? Ao judiciário? Rsrsrsrsr! Desculpem, mas soa como brincadeira, não?

Corporativo, desinteressado e oportunista (agora querem esvaziar o CNJ) este judiciário que aí está não deve nem ter “assistido aos programas” e certamente desconhece o estado de coisas, a realidade Brasil afora, pois não entram nas filas, seus familiares idem, não necessitam de remédios e exames gratuitos, enfim, vivem em outro mundo.

Diante disso,  o que me causa espanto é o Ministério Público Federal e Estadual,  onde existem muitos promotores sérios e dedicados, não se manifestar publicamente, se bem que, coitados, sozinhos, fica difícil, pouco ou nada é possível fazer.

O que é fato, porém, é que as pessoas são maltratadas, tem que esperar por horas a fio, por um atendimento, meses por medicamentos ou exames, enfim, continuam morrendo nas filas do SUS. Um absurdo, uma vergonha, mais que isso, um crime! Alguém tem que fazer alguma coisa.

De nossa parte, o que nos resta  fazer? Explicitar e cobrar com veemência soluções e nas eleições escolher com melhor critério em quem votar.

3 comentários:

to-deolho disse...

FALOU-SE TANTO EM PRECONCEITO MAS ESTE É O VERDADEIRO PRECONCEITO QUE OS GOVERNOS POPULISTAS TEM EM RELAÇÃO AO POVO POBRE DESTE BRASIL AO DEIXÁ-LOS MORRER À MÍNGUA.
ASSASSINATO DELIBERADO E EM SÉRIE!!!
UMA VERGONHA SEM PRECEDENTES!!

Marisa Cruz

Maria Amora disse...

E lembrar que Lula comparou o Brasil à Suiça em relação aos altos impostos... claro, logo ele mesmo percebeu o que tinha dito. Suiça ou Suécia sei la´. Sei que pagam alto mas o retorno é total. Aqui virou um país assaltado, entregue a um vício q mistura toda máquina do poder, com diversas facções negociando o dinheiro da merenda, da saúde, disso, daquilo. Se vende por qualquer dinheiro.
Para os assaltantes, ninguém importa, desde que eles possam usar todos os sistemas de saúde do mundo como J Alencar fez.
Ando revoltada há anos.
Quero ver o mensalão. Pois nada pode ficar impune ou vamos nos afundar mais e mais.
Acredite: Tudo sempre pode piorar.

nadiavida disse...

A saúde pública nunca será prioridade no nosso país... Muito jogo de interesses. Planos de saúde caríssimos, parece até que os políticos é quem são os proprietários... Durante a campanha pra Presidente, fui no Hospital universitário Júlio Muller aqui em Cuiabá e até tirei uma fotos e escrevi um texto que não publiquei "Contra fotos não há argumento", lixos expostos (pilhas deles), calçadas quebradas, pessoas amontoadas, móveis "descascados" e enferrujados mas o que me chamou muita atenção foi a quantidade de carros adesivados com "Dilma - Presidente, Silval - Governador e Blairo Maggi - Senador " levando doentes que furavam a fila.... Se num hospital universitário está assim, imagina um pronto socorro ou hospital público...

Confesso que não tenho esperanças...Talvez até piore... Não queria copa ou olimpíadas no Brasil pq a gente sabe a violência e a corrupção que imperam nosso país. Me mostraram os benefícios que poderíamos herdar.... Hoje vejo que vamos herdar é uma dívida impagável e até agora aqui em Cuiabá não começaram a construir o "gigante pronto socorro".... quer dizer, nem PS nem nada.Triste amigo!!! Artigo como sempre, impecável. Obrigada!