Contador de Visitas

Seguidores

segunda-feira, 20 de abril de 2015


 

"O JOIO e o TRIGO!!!"
Ricardo Martins

No Brasil os governos, historicamente não conseguem planejar nenhuma ação e ou projeto, nada, decentemente, de forma adequada, organizada e eficiente, a partir da gestão e do serviço público. Repetidamente se fala nisso, equipes politicas e fruto de conchavos eleitorais se formam em torno do Gestor, prefeito, governador ou presidente.

Não trabalham preventivamente, pior não trabalham para o país e para o povo, prestam na verdade, desserviços, fazem por fazer, ou ainda pior, “fazem nas coxas” e constantemente roubam, desviam, dilapidam o patrimônio e o tesouro, isso desde 1500.

É certo que de 12 anos pra cá de forma mais indecente por esta quadrilha liderada por LULA e Zé Dirceu, quem a Dilma como a principal cúmplice e “capachilda”.

Desde sempre o modelo politico no Brasil é imoral e beneficia o mau politico, o mau funcionário e o péssimo gestor público, isso em geral, de forma realmente generalizada.

A LEI eleitoral, a meu ver, a Lei Federativa que regula a distribuição de recursos a estados e municípios, assim como a LEI Penal, são os maiores entraves do país, nefastas completamente, e favorecem apenas ao “bandido” de gravata ou não, ao maléfico gestor e beneficia a ninguém mais, apenas ao infrator em geral!

Alguém tem interesse em mudar? Óbvio que não! Não vão atirar no próprio pé!

Observem! Estas leis propiciam pleitos eleitorais completamente corrompidos, venais e vendidos, e na sequencia ainda mais, após inicio de mandatos de cada politico, parlamentar, executivo ou membro do judiciário. São leis que evidenciam e estimulam a IMPUNIDADE em qualquer nível, idade, setor da sociedade publica e ou privada e ao empobrecimento dos estados e munícios.
Na realidade, a quem interessa isso? Aos canalhas, corruptos e corruptores, bandidos, quadrilheiros em geral que habitam o cerne da sociedade, estão dentro de setores importantes da gestão publica e privada, no centro da pratica politica e de governos.

Diante deste foco real como planejar algo positivo, eficaz e eficiente para o país? Impossível! A ganancia é por demais exigente e gigantesca, muita gente pra dividir dividendos oriundos dos esquemas criminosos por estes conduzidos.

Quem realmente tem interesse no desenvolvimento do Brasil? Poucos, apenas os cidadãos de bem! Os calhordas trabalham preventivamente articulando planos para seu enriquecimento ilícito e cada vez maior e sentem-se livres para fazer o que lhes der na telha!

O BRASIL está caótico e deteriorado em TODOS os setores da sociedade, e as necessidades do povo são urgentes, inclusive as básicas.

Emprego, segurança, sistema prisional, educação e cultura, saúde publica, transportes, estradas, ferrovias e vias marítimas, inexistem, tudo é carente, está tudo literalmente arrebentado e abandonado, os estados e municípios estão todos quebrados, e devem bilhões ao governo federal, juros e multas absurdas e estratosféricas, diante de uma legislação troglodita, gigantesca, irreal e fora de qualquer propósito de decência.

Pode alguém imaginar que o BRASIL, uma das maiores potencias de água potável do Planeta, não reaproveita as águas das chuvas? Assim como não retrabalha a água do Mar, e outras possibilidades e nada se faz a respeito para a adequada utilização destas águas que jorram por todo o território nacional. Pode isso?

Ainda hoje populações inteiras se perdem em enchentes e enxurradas, óbvio que em algumas situações é impossível conter as forças das chuvas, mas pode-se minimiza-las e muito, com prevenção e planejamento e repito, além do reaproveitamento da água!

Outro aspecto lamentável e histórico é a concentração do transporte no Brasil se dar via estradadas de rodagem, rodovias, e por caminhões apenas. Onde estão as Ferrovias e os portos e vias fluviais? Um país cortado por Rios e não os utiliza como meio e via de transporte e por também pelo Mar, já que inúmeras são as Baias que estão dentro de grandes cidades a proporcionar de forma tranquila, um meio de transporte eficiente, vide Rio e Niterói.

Fala-se aqui e ali, e tudo volta ao tema desinteresse do gestor publico e dos governos que se sucedem no país.  A Sociedade em Geral, ou grande parte dela também é responsável, pois, coloca acima de tudo seu interesse pessoal e ou corporativo, sem esquecer o empresário mau caráter.
E assim as promessas de campanha se sucedem e não são cumpridas.

Onde estão as 500 UPAS da DILMA, os 15 mil agentes federais do Lula? Os 27 presídios federais modernos e dignos também do Lula? E as Forças Armadas nas fronteiras para combater o contrabando em geral? Promessa de ambos! A queda da inflação, educação e saúde eficientes e dignas para toda a população.

Adiciona-se a isso, este estado podre e sujo que permeia o BRASIL nos últimos 12 anos, e que em forma de cascata chega com sua atitude e postura corrupta e indecente, imoral e marginal a todos os municípios do país, sob influencia direta do Governo Federal e do partido que ali está instalado, cerne de quadrilheiros e bandidos que atuam livremente, muitos escondidos atrás de fardas e Togas.

Este, infelizmente é o Retrato do Brasil, triste e abandonado em mãos sujas e podres, repito.

Temos que separar o Joio do Trigo, em todas as questões que nos afligem resgatar o nosso querido e grande país, e retoma-lo, pois, repito nenhum é tão generoso, acolhedor, gigantesco, pujante e rico como o nosso Brasil!

Um comentário:

Eddie Martínez disse...

É, Ricardo! Certa vez, em uma das edições anteriores de "Os Pingos Nos Is", da Rádio Jovem Pan, Reinaldo Azevedo relatou o caso que atingiu o então chanceler Helmut Kohl, da Alemanha recém unificada. Por ele ter sido conivente numa situação que envolveu membros de seu partido, por conta de US$ 600.000. Não me recordo se foi por conta de desvio de verbas, mas Kohl não foi o direto responsável pelo fato, mas, por saber do que houve e nada fez, ele caiu em desgraça e nunca mais foi eleito para cargo algum. Aqui no Brasil, recentemente, um prefeito reeleito de uma cidade do interior de São Paulo foi cassado porque pegou R$ 600,00 dos cofres da Prefeitura para gastos pessoais. A nova eleição ocorreu em 12/04. Sobre o pt, o quê dizer? Que faz tempo que os bandidos que estão no poder deveriam ser banidos politicamente e condenados por seus crimes. Pena que o STF e o PGR, órgãos que deveriam ser isentos, nada fazem. Os membros dos respectivos órgãos foram empossados através de escolhas políticas.

Eddie Martínez
São Paulo/SP