Contador de Visitas

Seguidores

domingo, 29 de março de 2015


ASSASSINOS!
Ricardo Martins

Um jovem de 21 anos mata friamente outro de 25 anos, apenas por um esbarrão, em uma casa noturna de nível na cidade de Floripa/SC! Ex-marido executa com 06 tiros, ex-mulher na frente dos filhos! Jovens sequestram colega de 15 anos e a matam a facadas, abandonando o corpo em terreno baldio. Cidadão violento estaciona carro em frente à garagem de outro individuo e ao receber reclamação, reage atirando no outro, além de outras agressões e mortes por nada. 

E por ai vai, este é o noticiário do crime diariamente no Brasil, é de conhecimento público e salta os olhos de todos, vê, enxerga quem quer enxergar!.

São delitos por pura banalidade, por “repentes”, apenas por vontade própria, auto ego, ciúmes, desafeto, irritação, enfim, isso sem contar os crimes homofônicos.

Sem esquecer dos menores infratores assumindo a autoria e na realidade matando friamente, traficando, assaltando, sequestrando, estuprando, por cota da impunidade por conta da idade penal. 

A meu ver menor infringiu paga independente da idade.

Quem é o verdadeiro culpado por isso?

Certamente um código penal que beneficia apenas quem o infringe, o bandido, o marginal e uma justiça que mal aplica as leis existentes..

Este estado coisas existe também por desinteresse e incompetência dos gestores públicos, governantes em geral, magistrados, legisladores, comandantes de policias, e outros.

Estes sim os verdadeiros assassinos do cidadão de bem e de seus familiares...

São eles efetivamente, os culpados desta onda insana de homicídios e crimes de qualquer natureza, pois o bandido, que tem benefícios a dar com pau, inclusive a tal da visita intima, aonde dão com pau mesmo, literalmente, sente-se impune e livre para cometer sempre e sequencialmente suas delinquências.

Na real, nenhum governador investe o adequado e necessário em segurança pública e sistemas prisionais assim como não investem em educação e saúde, imagine!

O mesmo serve para o Governo Federal aonde Lula, o ladrão ia construir 27 presídios federais no Brasil contratar 15 mil homens para a Policia Federal e Rodoviárias e investir nas policias estaduais e municipais, serviços de inteligência, unir a PM e Policia civil, colocar as forças armadas nas fronteiras, enfim e NADA fez nada mesmo, apenas está biliardário em euros por roubar, com seus capangas o Brasil. E a Dilma também nada fez ou está a fazer.

E as “cadeias” brasileiras são de fato sub-humanas superlotadas em geral, sem nenhuma higienização, deveriam ter no máximo 500 celas para 02 ocupantes, e no caso de criminosos não tão contumazes, crimes de demanda menor, pequenos roubos, pequenas agressões, brigas de vizinhos, enfim estes deveriam ficar 04 em cada cela e evidentemente as celas individuais e solitárias para os mais perigosos e transgressores de disciplina.

Outra medida e a ser criada seriam cadeias para separar o joio do trigo, por exemplo:

Criminosos hediondos, crimes do colarinho branco, corrupção, e assemelhados, traficantes e outros deste nível, trancafiados em prisões federais, mais reservadas, longe dos centros urbanos, sem nenhuma regalia, e trabalho forçado. E assim sucessivamente de acordo com o grau de infração.

Para o menor infrator centros de reabilitação para aqueles que realmente se interessarem em se recuperar, no mais?

Cadeia igual para todos, independente de idade.

Infelizmente, este é o retrato real do Brasil dos 12 anos últimos, aonde apenas o desviar, roubar, e enriquecer, via dinheiro e recursos públicos, dá o tom nestas administrações e permeia o país, e isso se estendem a totalidade de estados e municípios.

Governadores completamente desinteressados e incompetentes, além de maus caráter, que no mínimo se assessoram mal, tornando-se engessados durante seus mandatos.

Estes sim e todas as chamadas “autoridades” (de merda, isso sim!) são os verdadeiros responsáveis e culpados de tantas famílias desastrosamente desfeitas e aniquiladas, por este estado de coisa, aonde o desinteresse público é evidente.

Estes “caras” é que mereciam CADEIA perpetua, ou até mesmo a pena de morte, incluindo ai indenizações decentes e adequadas a cada situação de perda, do cidadão.

Um comentário:

Lygia Cabus disse...

Concordo plenamente. Redução da maioridade penal é uma medida correta e estratégica no atual contexto social. Um aspecto importante é esvaziar o interesse do bandido maior de idade em recrutar os de'menor e - ainda, esvaziar e inibir a situação em que o próprio de'menor se decide pelo crime por saber que não sofrerá consequências graves. As leis têm o papel coercitivo mesmo, desencorajar o crime antes de precisar punir.