Contador de Visitas

Seguidores

domingo, 11 de dezembro de 2011


Ação contra a corrupção!
Ricardo Martins
Felizmente uma movimentação bem articulada por cidadãos interessados em seus direitos e na limpeza necessária deste país, oriunda das Redes Sociais, tem tomado a iniciativa de cobrar de forma pesada a participação do cidadão de bem e da parte decente da sociedade brasileira o combate a corrupção que se alastrou como doença pelo Brasil e tem, como uma lama podre, infectado  todos os cantos deste maravilhoso e pujante país de coração verde e amarelo.

Apenas o POVO, apoiado por órgãos e veículos de comunicação e de Imprensa, imparciais, não vendidos, não infectados e dignos, podem reverter esta situação, agindo de forma firme e decidida contra este mal.

Evidentemente que para se somar ao POVO e a Imprensa limpa, seria bem vinda a aparição de um LÍDER popular, preparado, inteligente e firme em suas posições, com formação ética, atitude e postura digna, e não um mero e medíocre populista, oportunista, como o último que apareceu vindo do Nordeste e do meio simples da sociedade para, na real, conduzir esta quadrilha, que se desdobra em tantas outras, que ainda por aí estão a roubar o patrimônio e o tesouro nacional, descaradamente e impunemente. De qualquer forma, e ainda sem este líder, é alvissareiro verificar que um movimento se forma nas bases mais simples e representativas da sociedade brasileira a fim de dizer: BASTA! a estes crimes cometidos contra os direitos do cidadão diariamente, com concreto agravamento nestes últimos 10 anos.

Esta ação tem que estar presente com intensidade nas páginas dos jornais, noticiários de TV e outros veículos de comunicação, além de diuturnamente estar nas Redes Sociais, em freqüente debate.

De um modo geral temos que encher de material todo o espaço possível contra a corrupção, o corruptor e principalmente contra a IMPUNIDADE que reina absoluta e de forma imoral pelo Brasil afora.

É necessário acabar com alguns acertos e legislação que dá poderes a estes vermes, ladrões e canalhas, por exemplo?   

Acabar com os privilégios, benefícios e imunidades, tipo foro privilegiado para políticos de qualquer nível.

Fim da coligação partidária de forma definitiva e proibição total de transferências de qualquer natureza entre partidos.

Suplente de Senador tem que ser eleito pelo voto.

Cadeia para todos igualmente, independente de classe social, formação acadêmica e representatividade e status profissional ou político.

Conceder maiores poderes ao CNJ que poderia expulsar, com perda de remuneração ou pensão vitalícia, qualquer magistrado, de qualquer graduação, se comprovado que este vende sentenças e ou negocia benefícios ao bandido de qualquer natureza por dinheiro ou tipo de favor.

Qualquer cidadão, independente de seu status social, cultural, político  ou profissional, se investigado por desvio de dinheiro, crime contra a economia popular, ou roubo do patrimônio público, teria seus bens seqüestrados pela Justiça até que a sentença se declare publicamente, isso se estenderia a seus parentes próximos ou não e amigos.

Promover uma limpeza do “lixo humano”(??) existente no Congresso Nacional, no Executivo Federal e no Judiciário, colocando atrás das grades, todos aqueles que roubaram do Povo, os seus direitos fundamentais, seja dinheiro ou outro tipo de perda ou desvio qualquer. Isso se estenderia aos estados e municípios.

Implementar medidas punitivas rigorosas como perda de mandato, perda de cargo e exoneração sem direito a nada, de qualquer funcionário público, graduado ou não, que desconsiderasse ou atendesse de forma desinteressada o cidadão no serviço público.

No caso de médicos, advogados ou qualquer outro liberal que estivesse atuando junto ao serviço público ou prestando serviços a ele, comprovada sua negligencia ou conduta inadequada e desonesta, estes teriam seus registros profissionais cassados.

Criar vários “Conselhos de Sentença Especial“, constituídos de eminentes, sérios, responsáveis e ilibados magistrados a fim de julgar estes casos de políticos, assemelhados e funcionários de qualquer nível hierárquico, dos 03 poderes da República, envolvidos e investigados por crimes de origem política, contra o erário público e com objetivos de benefícios econômicos financeiros. Estes Conselhos de Sentença seriam secundados por equipes seletivas de Promotores de Justiça, em todos os estados e municípios da nação brasileira e uma Força Policial, contando com apoio do Exército e das Forças Armadas. E todos os condenados seriam trancados em celas de 04 Cadeias Especiais, sem nenhum privilégio e obrigados a trabalhar, instaladas no Norte, Sul Leste e Oeste do Brasil. Roubou o povo ou praticou outros crimes contra a população? Cadeia!!!!

Enfim! O que se deseja e rapidamente é que todos estes canalhas, bandidos sem nenhum escrúpulo, que se escondem sob a máscara de políticos, empresários, magistrados e assemelhados, funcionários públicos federais, estaduais e municipais, sejam tirados de circulação e colocados na Cadeia por longo tempo. Além disso, que percam seus direitos, patrimônio, dinheiro e qualquer outro tipo de status ou condição material conquistada por  se beneficiarem de seus mandatos e prerrogativas funcionais.

Seja ele quem for, Presidente da República, ex presidente, deputado, senador, grande empresário, desembargador, juiz, assessor, consultor, lobista, ou um simples servidor de cafezinho nas repartições públicas, TODOS devem ser punidos exemplarmente.

Chega! Basta! Cadeia para estes canalhas!! 

10 comentários:

Marisa Cruz disse...

CARO RICARDO

NADA A ACRESCENTAR A NÃO SER ""PARABENS"" E COM O COMPROMISSO DE ESPALHAR FAZENDO DE SUAS PALAVRAS AS MINHAS.

Marisa Cruz

Rakel Maia disse...

Tudo dito. Assino e dou fé.

Rakel Maia

Claudio Armstrong disse...

Foi muito feliz sua colocação. A sociedade tem o dever de corrigir os erros que comete. E começa a pipoca aqui e ali manifestos contra a corrupção. Hoje mesmo nossa amiga Tata vai reunir muita gente em SBC para um protesto popular. É o difícil caminho do aprendizado democrático.

Edson disse...

perfeito, apenas acrescentaria que se o acusado for servidor público ou ocupar cargo público, a pena deve ser dobrada

ELAINE disse...

Olá! Bom fim de domingo e uma semana abençoada pra você! Tudo que precisava foi dito em teu texto; te parabenizo e assino em baixo!
Abraço!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

Jota Agostinho disse...

Assino embaixo. Tudo tem um começo. Quem sabe a hora não estaria chegando? Depende do povo brasileiro.
Texto tão bem articulado que peço licença para reproduzí-lo no meu Blog.

Saúde e paz

Jota agostinho

Irene Cavalcante disse...

Excelente texto Ricardo! Traz à reflexão, que existe um caminho a ser seguido, que contraria interesses, mas existe e muitos querem trilhá-lo. A mudança precisa começar! Basta de corrupção!

@marciaco7 disse...

Ótimo artigo! A solução só virá com mudanças nas nossas leis que favorecem quem as representa. Precisamos de leis que prendam e punam corrutos, tirando o direito de se candidatar a qualquer cargo político. Ser fichado por corrupção e bloquear seus bens como forma de reposição do bem desviado. Temos visto muitos serem afastados dos cargos mas levam junto o dinheiro. Desse jeito tá fácil demais! Só afastar não adianta, tem que devolver!

Dr. Rogério disse...

Nosso povo tem que reagir começando a fazer o dever de casa. Apeando do poder público da sua cidade por exemplo os políticos profissionais que infestam estas administrações e que cometem as mais absurdas leviandades com o dinheiro público.

Dr. Rogério

josé torquato disse...

descodificou meu pensamento, mano. parabens