Contador de Visitas

Seguidores

sexta-feira, 6 de maio de 2011


Violência, Covardia e Abandono!
Ricardo Martins

Um quadro conseqüente do desinteresse e da irresponsabilidade do setor  público e de grande parte da chamada sociedade organizada do Brasil.

Tenho escrito freqüentemente sobre a falta de interesse dos governantes e integrantes do serviço e da atividade pública, em geral, pelo cidadão, pelas pessoas e seus familiares.

“Este país”, na realidade, quem o representa, a cada dia banaliza mais e mais a dignidade humana e a vida dos brasileiros e dos que por aqui vivem por opção, escolha e pelo coração.

O desrespeito é amplo, geral e irrestrito, como o slogan da campanha das “diretas”, que um dia foi resgatado por parte deste povo que quando quer luta por seus ideais e os defende a extremos.

O tratamento que o cidadão tem recebido do servidor público, pago por ele, de todos os níveis e representatividade, é o pior possível, pode-se rotular de execrável e desprezível
.
Nada funciona em favor do Povo, nada lhe beneficia e nenhuma decisão lhe é favorável.

No Brasil a extorsão é diária, as agressões idem, a saúde, a segurança pública, o sistema prisional e a educação, é literalmente dígito ZERO ou prá menos que isso.

Por todo o Brasil, o indivíduo e seu próximo estão literalmente nas mãos da criminalidade, sofrendo freqüentemente todo tipo de abuso, brutalidade e violência. A sua Vida e de sua família, além de seu patrimônio, estão a pleno risco e NINGUÉM FAZ NADA!

Onde estão às autoridades, as forças políticas, os paladinos da justiça e da ordem pra lhes defender? Certamente em seus gabinetes, sendo filmados por câmeras ocultas a contar o dinheiro da cueca, da meia, da calcinha, enfim, para depois, na maior cara de pau negar tudo. Como aqui flagrante é para pobre, por assim fica!

Apenas na época de eleições, só neste momento e diante de um rosário de promessas, o ingênuo, incrédulo e desprotegido eleitor acredita e vota neste bando de canalhas que permeiam todas as regiões e recantos deste país. Uma corja da pior espécie, todos corruptos e vendidos.

Não tem polícia, justiça, cadeia, presídio, penitenciária, enfim, faltam leis justas rigorosas e duras, que sejam aplicadas sem benefício algum aos criminosos que se multiplicam diariamente. O menor infrator contumaz assina cada vez mais inquéritos e assume a autoria dos crimes, com a maior tranqüilidade, pois é um IMPUNE ETERNO!

Juízes, advogados e policiais, que deveriam ser os defensores dignos e implacáveis da justiça estão, via de regra, cada vez mais corrompidos e comprometidos com a atividade criminosa, com o crime organizado e “desorganizado”, com empresários e políticos sem escrúpulo algum, decidindo sempre em favor do privilégio, do poder e do dinheiro que chega fácil.

E o povo, o cidadão e seus familiares, abandonados a própria sorte, nem dentro de casa estão protegidos contra a barbaridade criminosa e a crueldade dos bandidos, que transitam livres e a vontade por todas as ruas, avenidas, vielas e servidões deste país, impunes ou gozando de algum benefício legal, assinado por qualquer juiz desinteressado e irresponsável. 

A população é refém total do sistema legal e oficial do Brasil, que na real é pervertido, ilegal, indecoroso, insensato, perverso, desigual, privilegiador, covarde, enfim, o POVO que se dane!

Um país enlameado e apodrecido, literalmente manipulado por mãos sujas, viciadas, contaminadas e corrompidas, este é o Brasil real, em todos os níveis, locais, regiões e instâncias de sua constituição 
federativa.

Uma vergonha, mais que isso, uma covardia! 

5 comentários:

to-deolho disse...

CARO AMIGO RICARDO

APENAS ACRESCENTO EM SEU CORAJOSO TEXTO É:

BRASIL - O LIXÃO DO MUNDO POR OBRA E RESPONSABILIDADE DA MAIORIA DO POVO ALIENADO E DESINTERESSADO NO ACOMPANHAMENTO DAS GESTÕES PÚBLICAS!!!!!!!!!!

Marisa Cruz

Sergio Nogueira disse...

Prezado Ricardo
Nada a acrescentar neste texto que retrata a condição atual em nosso País. Muito me orgulha ler e concordar com o que aí está, pois ainda existem BRASILEIROS preocupados com os rumos corretos que nossa Nação deve seguir.
Parabéns!

Marco Sobreira disse...

Ricardo,
Dizer o que amigo, estamos cansados de denunciar todo esse tipo de absoluto descaso com o povo brasileiro, as autoridades não estão nem aí, encastelados em seus altos salários e mordomias, o povo que se exploda. Pelo menos nós denunciamos, infelizmente a grande midia repercute o que falamos em nossos espaços. Não desanimemos, façamos como o beija-flor no incêndio da floresta, façamos nossa parte. Seu artigo é corajoso e verdadeiro, parabéns mais uma vez.

Ivan Pimentel disse...

Ótima abordagem, Ricardo. Ainda bem que mantemos nossa capacidade de indignação.

Maria Amora disse...

Ricardo,
É do interesse do político, manter esse povo cansado e acomodado. Dão-lhes trabalho duro, pouco dinheiro e pouca ou nenhuma educação básica. Assim os mantém passivos e ignorantes dos seus direitos e deveres.
A maioria do nosso povo vive enganado pela publicidade indecorosa do governo. O que se vende não é a realidade, mas sim o país do futuro! O "futuro" sempre sera melhor. Só que o futuro não foi feito para chegar, o futuro pertence ao futuro.
O que fazer hoje? como moralizar o poder desavergonhadamente corrupto? Como acabar com a impunidade? Só começando tudo de novo. Não acredito que haja solução sem muito trabalho, sem a participação efetiva da sociedade. Não há o que esperar dos políticos, dá para notar como são orgulhosos de si. Só o povo organizado fará mudanças.
Para isso é preciso começar pela educação. O caminho é longo.